quinta-feira, 17 de agosto de 2017

VEJA ENTREVISTA FHC

ENTREVISTA DO JORNALISTA AUGUSTO NUNES COM O EX-PRESIDENTE FERNANDO HENRIQUE CARDOSO

O Plano Real segundo FHC

https://youtu.be/rsSXuuQ1rus

___________________________________________________________

PT Real e a Lei de Responsabilidade Fiscal

https://youtu.be/tEVZbJbhaaQ

___________________________________________________________

Como foi a transição de FHC para Lula

https://youtu.be/uCd1VPBjoIs

___________________________________________________________

FHC X Privatizações

https://youtu.be/hV7f_jOcOtA

___________________________________________________________

Privatizaçõe - FHC se arrependeu?

https://youtu.be/BWSPOBs4f_Q

___________________________________________________________

FHC fala sobre reestatização e do PROES

https://youtu.be/zTJfry7wzwo

___________________________________________________________

FHC fala sobre o Senado

https://youtu.be/GCCxdNWjUeY

___________________________________________________________

Acordos - Ministerios e Mensalao

https://youtu.be/DMD6n2MQHys

___________________________________________________________

Compra de votos na reeleicao

https://youtu.be/jl-ammqkoko

___________________________________________________________

As obras físicas de FHC

https://youtu.be/T8z4LixNfMQ

___________________________________________________________

Programas sociais e o Bolsa Familia

https://youtu.be/CvW0L3sLYoc

___________________________________________________________

SUS e cargos de confiança

https://youtu.be/_DQAF4NDdH8

___________________________________________________________

Esquerda - direita e bolivarianismo

https://youtu.be/ufvkJYGYPJ4

___________________________________________________________

FHC - Lula e a política externa

https://youtu.be/WbbYXHEBayk

___________________________________________________________

Rotina de ex-presidente

https://youtu.be/IVY5dEbIZOs

___________________________________________________________

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

POEMA FEMININO

Resultado de imagem para poema feminino
💏
Que mulher nunca teve:
Um sutiã meio furado,
Um primo meio tarado,
Ou um amigo meio viado?

Que mulher nunca tomou:
Um fora de querer sumir,
Um porre de cair,
Ou um calmante para dormir?

Que mulher nunca sonhou:
Com a sogra morta, estendida,
Em ser muito feliz na vida,
Ou com uma lipo na barriga?

Que mulher nunca pensou:
Em dar fim numa panela,
Jogar os filhos pela janela,
Ou que a culpa era toda dela?

Que mulher nunca penou:
Para ter a perna depilada,
Para aturar uma empregada,
Ou para trabalhar menstruada?

Que mulher nunca comeu:
Uma caixa de Bis por ansiedade,
Uma alface, no almoço,por vaidade,
Ou, um canalha por saudade?

Que mulher nunca apertou:
O pé no sapato para caber,
A barriga para emagrecer,
Ou um ursinho para não enlouquecer?

Que mulher nunca jurou:
Que não estava ao telefone,
Que não pensa em silicone,
Que 'dele' não lembra nem o nome?

domingo, 13 de agosto de 2017

Led Zeppelin recebe homenagem de Barack Obama (2012-12-2)

Evento Kennedy Center Honors também fez tributo a Buddy Guy, David Letterman e Dustin Hoffman.


video

Toda uma geração, incluindo nomes como Jack Black, Foo Fighters, Kid Rock, Lenny Kravitz, Heart e o presidente Barack Obama, homenagearam o Led Zeppelin em Washington D.C. na noite do domingo, 2/12/2012. A banda foi destaque no tributo Kennedy Center Honors, evento de gala realizado anualmente. Outros artistas homenageados na ocasião foram Buddy Guy, a bailarina Natalia Makarove, David Letterman e Dustin Hoffman.

Os integrantes vivos do Zeppelin, Robert Plant, John Paul Jones e Jimmy Page, assistiram à cerimônia ao lado do presidente e a primeira dama usando uma faixa colorida e medalhas concedidas pela Casa Branca em outra cerimônia, realizada horas antes.

Jack Black subiu ao palco no fim da noite, descrevendo o Led Zeppelin como "a melhor banda de rock and roll de todos os tempos", contando sobre como completou a grande missão do rock ouvindo todos os nove discos do Zep um atrás do outro. Descreveu, ainda, como ganhou uma mixtape do Zeppelin no colegial e como a combinação de poder e beleza o tocou e mudou sua vida para sempre.

Com um cenário apropriado, formado por um castelo de pedra, o Foo Fighters, com Dave Grohl na bateria e Taylor Hawkins no vocal, apresentaram "Rock and Roll". Kid Rock, em uma camiseta dourada de caubói, fez a performance de "Babe I'm Gonna Leave You" e "Ramble On". Em seguida foi a vez de Lenny Kravitz com "Whole Lotta Love". Finalmente, Jason Bonham, filho do baterista original John e o baterista do show de reunião da banda em 2007, se juntou a Ann e Nancy Wilson, do Heart, para uma versão e "Stairway to Heaven".


Assista abaixo ao vídeo de Barack Obama fazendo seu discurso de homenagem ao Led Zeppelin. "Quando Jimmy Page, Robert Plant, John Paul Jones e John Bonham surgiram na cena musical, no final da década de 60, o mundo levou um choque", disse o presidente. "Tinha um cantor com juba de leão e voz de banshee, um prodígio da guitarra que levava o queixo das pessoas ao chão, um tecladista que se igualava e um baterista que tocava como se a vida dele dependesse disso", continuou. "É dito que uma geração de pessoas sobreviveu à angústia adolescente com um par de fones de ouvido e um disco do Zeppelin. E uma geração de pais ficava se perguntando qual era a de todo aquele barulho."


sábado, 12 de agosto de 2017

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Esse pode


Injustiças e penitência social

A Previdência confisca dos pobres e repassa aos ricos
Nota do editor: o artigo abaixo foi publicado no jornal Folha de S. Paulo
Se você ainda duvida da insaciabilidade do parasitismo estatal, avalie a proposta da reforma da previdência em tramitação e pense novamente.
Em um contexto de continuada irresponsabilidade fiscal, corrupção sistêmica e privilégios injustificáveis, o bom senso exigiria que o governo iniciasse a reforma por cortes na própria gordura, que por sinal não é pouca. O que se nota, no entanto, é que mais uma vez tenta-se impor o ônus da reforma ao pequeno: o cidadão comum que trabalha no setor privado.
Que a reforma é necessária, não há que se debater; com um déficit previdenciário total de cerca de R$ 315 bilhões em 2016 — incluindo governo federal e estados —, a urgência é justificada. Isso não significa, no entanto, que se deva aceitar qualquer reforma. Deve-se levar em conta, como ponto de partida, as distorções do atual regime previdenciário.
No Brasil há dois regimes de previdência: o "Regime Geral", válido para os trabalhadores do setor privado e gerido pelo INSS, e o "Regime Próprio", gerido pelo Ministério da Fazenda, para os funcionários públicos.
O "Geral", que abrange mais de 29 milhões de aposentados e pensionistas — os quais recebem uma aposentadoria média mensal de R$ 1.200 —, acumulou déficit de R$ 150 bilhões no ano passado.
Já o "Próprio", feito para apenas 3 milhões de funcionários públicos civis e militares, somou um déficit maior, de R$ 164 bilhões. Nesta classe estão os cidadãos com maior aposentadoria mensal média: R$ 7.500 para o funcionário público civil, R$ 9.500 para o militar, R$ 18.000 para servidores do Ministério Público Federal, R$ 25.700 para o Judiciário e R$ 28.500 para o Legislativo (confira todos os escandalosos valores aqui).
A existência de dois regimes revela uma realidade execrável: a existência de duas classes de brasileiros, com direitos diferentes. O cidadão ligado ao setor privado é tratado como um cidadão de segunda classe. Ele tem o 'direito' de ser demitido caso não seja competente, e o dever de dar parte do seu salário para sustentar a aposentadoria do cidadão ligado ao setor público. Este, por sua vez, tem o 'direito' a usufruir da renda do trabalho do cidadão de segunda classe, na forma de uma aposentadoria em média quatro vezes maior, e outros privilégios como aposentadoria com salário integral.
De um lado, há os que choram; de outro, os que riem.
Como se vê, a previdência é um grande programa de distribuição de renda às avessas, do pobre para o rico, e seu problema fundamental está no setor público — cuja reforma proposta é extremamente branda.
Isso é justo?
Ainda é tempo de fazer a coisa certa. A reforma deveria estabelecer, além de cortes nos privilégios daqueles ligados ao estado, a unificação dos regimes dos setores privado e público com o estabelecimento de um teto único. Deveria buscar, ainda, proteger a renda do trabalhador, impedindo que recursos seus — como os do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), por exemplo — sejam direcionados aos grandes empresários via BNDES.
A mudança é urgente. Não seremos uma nação desenvolvida a menos que enderecemos desde já as causas fundamentais de nossos problemas sociais e econômicos, que estão no setor público. O governo é o principal concentrador de renda do país.
Um país que decreta classes diferentes de cidadãos fere a moral, e herda consequências fiscais insustentáveis, como o sistema de previdência demonstra. A reforma como está não é nada além de uma gambiarra oportunista para manter a penitência social.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

CARTOMANTE

Fui na cartomante perguntar se um dia ganharei o que o Neymar ganha, olhem o que deu nas cartas!


Oi amor...


Toalha, mulheres e homens


Temer e a Justiça Brasileira


Se o povo se levantar...


Neymar



Na Índia e no Brasil


Lula lá (na cadeia)



Aproveitem a liquidação


Foto inútil


Futuro advogado


Roubo do Curintia é reembolso


Definição de um COMUNISTA


Espertinho


Cerveja


Celular agora é assim


Aprendendo a fazer bolo


terça-feira, 1 de agosto de 2017

STF decidiu que quem rouba celular que custa menos de R$ 500 não é preso? Não é verdade!

Mensagem que circula na internet deturpa decisão do STF. Supremo mandou extinguir processo contra homem que furtou celular avaliado em R$ 90.
Uma mensagem que circula pelo Facebook e pelo WhatsApp leva em conta uma decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para dizer que a partir de agora quem rouba um celular que custa menos que R$ 500 não é preso no Brasil nem que seja em flagrante. NÃO É VERDADE!
"Para conhecimento. O "perdeu, playboy" tá liberado. Quem rouba celular que custa menos que 500 reais não é preso nem em flagrante, decide STF. E se custar mais de 500 reais é solto na audiência de custódia. Bom, nós estamos nas mãos dos bandidos deste país", afirma a mensagem, que tem sido compartilhada por várias pessoas.

Ela não traduz a verdade. Houve, de fato, uma decisão do Supremo Tribunal Federal, em 16 de maio deste ano, que autorizou que fosse trancada uma ação penal contra um homem condenado em primeira instância por ter furtado (e não roubado) um celular avaliado em R$ 90.

Furto é diferente de roubo porque não envolve violência contra a vítima. A pena para furto, por exemplo, é de reclusão de um a quatro anos e multa. Já para roubo, o Código Penal prevê reclusão de quatro a dez anos e multa.

Também não é verdade que ela vale para todos os casos. A decisão foi tomada em um caso específico e não menciona limite de valores. Tão equivocada quanto é a conclusão de que "se custar mais de R$ 500 é solto na audiência de custódia". Essa regra não existe. Além disso, dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostram que em 2/3 dos estados as audiências de custódia resultam em mais decisões de prisão preventiva que em liberdade provisória.

segunda-feira, 31 de julho de 2017

E a gasolina heim?



Sabe porque o termo "pé rapado"?


Tem que sonhar para realizar


Agora dá pra tomar TANG


É SUS ou particular?


Ops.... Desculpa aí professora


Compre seu colchão testado nas Casas Bahia


Juber


Em Ponta Grossa é assim


A coisa enfeiou de vez


Sou verdão


Amigo não sacaneia a amiga


Brinde ao empresariado


sábado, 29 de julho de 2017

Atitude é tudo


Luiz é o tipo de cara que você  gostaria de conhecer. Ele estava sempre de bom humor e sempre tinha algo de positivo para dizer. 

Se alguém lhe perguntasse como ele estava, a  resposta seria logo: 
 "Ah.. Se melhorar, vira FESTA!". 

Ele era um gerente especial em um restaurante, pois  seus garçons o seguiam de restaurante em restaurante apenas pelas suas atitudes. Ele era um motivador nato. Se um colaborador estava tendo um dia ruim, Luiz estava sempre dizendo como ver o lado positivo da situação. 

Fiquei tão curioso com seu estilo de vida que um dia  lhe perguntei: 
"Você não pode ser uma pessoa positiva todo o tempo. Como faz isso?" 
Ele me respondeu: 
"A cada manhã, ao acordar, digo para mim mesmo. Luiz, você tem duas escolhas hoje: Pode ficar de bom humor ou de mau humor. Eu escolho ficar de bom humor. Cada vez que algo ruim acontece, posso escolher bancar a vítima ou aprender alguma coisa com o ocorrido. Eu escolho aprender algo. Toda vez que alguém reclamar, posso escolher aceitar  a reclamação ou mostrar o lado positivo da vida."

Certo, mas não é fácil - argumentei. 
É fácil sim, disse-me Luiz.
A vida é feita de escolhas. 
Quando você examina a fundo, toda situação sempre  oferece escolha. Você escolhe como reagir às situações. Você escolhe como as pessoas afetarão o seu  humor. É sua a escolha de como viver sua vida. 

Eu pensei sobre o que o Luiz disse e sempre lembrava  dele quando fazia  uma escolha.  

Anos mais tarde, soube que Luiz um dia cometera um  erro, deixando a porta de serviço aberta pela manhã. Foi rendido por assaltantes. Dominado, e enquanto tentava abrir o cofre, sua mão  tremendo pelo nervosismo, desfez a combinação do segredo. Os ladrões entraram em pânico e atiraram nele. Por sorte foi encontrado a tempo de ser socorrido e  levado para um hospital. Depois de 18 horas de cirurgia e semanas de  tratamento intensivo, teve alta ainda com fragmentos de balas alojadas em seu corpo. 

Encontrei Luiz mais ou menos por acaso. Quando lhe perguntei como estava, respondeu: 
"Se melhorar, vira FESTA!". 

Contou-me o que havia acontecido perguntando: 
"Quer ver minhas cicatrizes"?  

Recusei ver seus ferimentos,  mas  perguntei-lhe o que havia passado em sua mente na ocasião do  assalto. A primeira coisa que pensei foi que deveria ter  trancado a porta de trás, respondeu. Então, deitado no chão, ensanguentado, lembrei  que tinha duas escolhas: 
"Poderia viver ou morrer". 
"Escolhi viver"!  

Você não estava com medo? Perguntei. 
"Os para-médicos foram ótimos. Eles me diziam que tudo ia dar certo e  que ia ficar bom. Mas quando entrei na sala de emergência e vi a  expressão dos médicos e enfermeiras, fiquei apavorado". 

Em seus lábios eu lia: 
"Esse aí já era". 
Decidi então que tinha que fazer algo. 
O que fez ? Perguntei.  
Bem.. Havia uma enfermeira que fazia muitas  perguntas. Perguntou-me se eu era alérgico a alguma coisa. Eu respondi: "sim". 
Todos pararam para ouvir a minha resposta. Tomei fôlego e gritei; "Sou alérgico a balas"!  
Entre risadas lhes disse: 
"Eu estou escolhendo viver, operem-me como um  ser vivo, não como um morto". 

Luiz sobreviveu graças à persistência dos médicos...  mas sua atitude é que os fez agir dessa maneira. E com isso, aprendi que todos os dias, não importa  como eles sejam, temos sempre a opção de viver plenamente. 

Afinal de contas, "ATITUDE É TUDO". 

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Toda escola deveria ter isso bem na entrada


CURSOS ON LINE DA USP, TOTALMENTE DE GRAÇA


A USP disponibilizou 27 cursos para fazer online e totalmente de graça.

Faça um curso e estimule seus filhos, cônjuges familiares, amigos , alunos e vizinhos a se aprimorarem também, vale a pena. 

Façam o curso juntos! Envia a todos!

Deixa de lado a TV, o WhatsApp e o Facebook e venha aprender!

Seguem os cursos e links de cada um:

1. Física Básica
http://www.veduca.com.br/cursos/gratuitos/fisica-basica

2.Gestão de Projetos
http://www.veduca.com.br/assistir/gestao-de-projetos

3.Engenharia Econômica
http://www.veduca.com.br/assistir/engenharia-economica

4.Princípios de Sustentabilidade e Tecnologias Portadoras de Inovação
http://www.veduca.com.br/assistir/principios-de-sustentabilidade-e-tecnologias-portadoras-de-inovacao

5.Gestão do Desenvolvimento de Produtos e Serviços
http://www.veduca.com.br/assistir/gestao-do-desenvolvimento-de-produtos-e-servicos

6.Liderança, Gestão de Pessoas e do Conhecimento para Inovação
http://www.veduca.com.br/assistir/lideranca-gestao-de-pessoas-e-do-conhecimento-para-inovacao

7.Gestão da Inovação
http://www.veduca.com.br/assistir/gestao-da-inovacao

8.Medicina do Sono
http://www.veduca.com.br/assistir/medicina-do-sono

9.Oceanografia - Sistema Bentônico
http://www.veduca.com.br/assistir/oceanografia-sistema-bentonico

10.Eletromagnetismo
http://www.veduca.com.br/assistir/eletromagnetismo

11.Probabilidade & Estatística
http://www.veduca.com.br/assistir/probabilidade-e-estatistica

12.Sistemas Terra
http://www.veduca.com.br/assistir/sistemas-terra

13.Produção mais Limpa (P+L) e Ecologia Industrial
http://www.veduca.com.br/assistir/producao-mais-limpa-pl-e-ecologia-industrial

14.Instrumentos de Política e Sistemas de Gestão Ambiental
http://www.veduca.com.br/assistir/instrumentos-de-politica-e-sistemas-de-gestao-ambiental

15.Fundamentos de Administração
http://www.veduca.com.br/assistir/fundamentos-de-administracao

16. Visões do Brasil, Século XIX
http://www.veduca.com.br/assistir/visoes-do-brasil-seculo-xix

17.Escrita Científica: Produção de Artigos de Alto Impacto
http://www.veduca.com.br/assistir/escrita-cientifica-producao-de-artigos-de-alto-impacto

18.Escrita Científica
http://www.veduca.com.br/cursos/gratuitos/escrita-cientifica

19.Tópicos de Epistemologia e Didática
http://www.veduca.com.br/assistir/topicos-de-epistemologia-e-didatica

20.Atualidade de Sérgio Buarque de Holanda
http://www.veduca.com.br/assistir/atualidade-de-sergio-buarque-de-holanda

21.Economia Monetária - Moeda e Bancos
http://www.veduca.com.br/assistir/economia-monetaria-moeda-e-bancos

22.Empirismo e Pragmatismo Contemporâneos
http://www.veduca.com.br/assistir/empirismo-e-pragmatismo-contemporaneos

23.Filosofia e Intuição Poética na Modernidade
http://www.veduca.com.br/assistir/filosofia-e-intuicao-poetica-na-modernidade

24.Ciência Política: Qualidade da Democracia
http://www.veduca.com.br/assistir/ciencia-politica-qualidade-da-democracia

25.História do Brasil Colonial II
http://www.veduca.com.br/assistir/historia-do-brasil-colonial-ii

26.Enunciação
http://www.veduca.com.br/assistir/enunciacao

27. Libras
http://www.veduca.com.br/cursos/gratuitos/libras

Envia para seus melhores amigos e professores!

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Palavras que quase todo mundo fala errado

"Asterístico" 

A forma correta é asterisco. Indica um sinal gráfico em forma de estrela (*).
  • O asterisco indica que há uma nota de rodapé.
  • Utiliza um asterisco para fazer a citação.

"Bicabornato" 

A forma correta é bicarbonato. Indica o sal derivado do ácido carbônico.
  • Tenho que comprar bicarbonato de sódio porque já acabou.
  • Esse bolo é feito com bicarbonato de sódio?

"Toráxico"

A forma correta é torácico. Refere-se a alguma coisa relacionada com o tórax.
  • A caixa torácica protege os pulmões e o coração.
  • O paciente sofreu uma distensão dos nervos torácicos.

"Supérfulo"

A forma correta é supérfluo. Refere-se a alguma coisa que é dispensável e desnecessária.
  • Sou contra a compra desse material porque parece ser um gasto supérfluo.
  • Por favor, retire do comunicado toda a informação supérflua.

"Beneficiente"

A forma correta é beneficente. Indica algo ou alguém que faz caridade e ajuda os mais necessitados.
  • Minha avó está organizando um jantar beneficente.
  • Os lucros do concerto beneficente reverterão para ajudar os refugiados.

"Metereologia" 

A forma correta é meteorologia. Indica o estudo dos fenômenos atmosféricos, visando a previsão do tempo.
  • A meteorologia prevê dias de sol e calor.
  • Todos os dias eu consulto sites de meteorologia.

"Previlégio"

A forma correta é privilégio. Refere-se a uma vantagem ou direito concedido a apenas algumas pessoas.
  • Você nem reconhece os privilégios que tem.
  • O acesso a uma boa educação é um privilégio, mas deveria ser um direito de todos. 

"Losângulo" 

A forma correta é losango. Refere-se a um quadrilátero com dois ângulos agudos, dois obtusos e os lados iguais.
  • A praça tem o formato de um losango.
  • Qual a diferença entre o losango e o quadrado?

"Triologia"

A forma correta é trilogia. Indica o conjunto de três obras sequenciais que se complementam.
  • Minha trilogia preferida é "O Senhor do Anéis."
  • Nunca vi o último filme dessa trilogia.

"Reinvindicar"

A forma correta é reivindicar. Indica o ato de exigir alguma coisa e de assumir algo.
  • Iremos reivindicar nossos direitos até sermos ouvidos.
  • Ainda ninguém reivindicou a autoria dos atentados.

"Poliomelite"

A forma correta é poliomielite. Refere-se a uma doença infecciosa que causa o enfraquecimento e a paralisia de alguns músculos.
  • Meu filho foi vacinado contra a poliomielite.
  • Febre, cansaço e vômitos são sintomas da poliomielite.

"Conhecidência"

A forma correta é coincidência. Refere-se ao acontecimento casual de várias situações relacionadas.
  • Você aqui também? Que coincidência!
  • O que aconteceu foi uma mera coincidência.

"Compania"

A forma correta é companhia. Indica o ato de ser acompanhante ou de acompanhar alguém. 
  • Você é sempre uma boa companhia.
  • Se você não quiser minha companhia, é só dizer!

"Célebro" 

A forma correta é cérebro. Indica o principal órgão do sistema nervoso central dos animais.
  • O cérebro humano deve ser frequentemente exercitado.
  • O cirurgião retirou um tumor do cérebro do paciente.

"Entertido"  

A forma correta é entretido. Refere-se ao estado de quem está distraído ou absorto em alguma coisa.
  • Meu filho está entretido com seus brinquedos.
  • Estava tão entretido que nem notei que você foi embora.

"Madastra"

A forma correta é madrasta. Refere-se à mulher do pai de uma pessoa, sem ser a sua mãe.
  • A minha personagem da peça será a madrasta da Branca de Neve.
  • Vocês já conhecem a minha madrasta?

"Milhonário"

A forma correta é milionário. Indica uma pessoa extremamente rica, que possui milhões em dinheiro, ações, títulos,...
  • Quem me dera ser milionário!
  • Ele é um dos principais milionários do Brasil.

"Intrevista"

A forma correta é entrevista. Indica um diálogo ou encontro entre várias pessoas, com diferentes propósitos.
  • Amanhã irei a uma entrevista de emprego.
  • Já terminou a entrevista com o Presidente da República.

"Degladiar"

A forma correta é digladiar. Refere-se ao ato de combater corpo a corpo com espada ou ao ato de discutir.
  • Os lutadores vão digladiar na arena.
  • Os competidores começaram a digladiar sem motivo nenhum.

"Impecilho" 

A forma correta é empecilho. Refere-se a qualquer tipo de obstáculo ou impedimento.
  • Não quero ser um empecilho na sua vida!
  • Está tudo bem, não tivemos que lidar com nenhum empecilho.
Além das palavras acima apresentadas, existem muitas outras palavras pronunciadas de forma errada pelos falantes, como:
  • poblema ou pobrema (correto: problema);
  • cabelelero (correto: cabeleireiro);
  • cocrante (correto: crocante);
  • mindingo (correto: mendigo);
  • imbigo  (correto: umbigo);
  • priguiça (correto: preguiça);
  • trabisseiro (correto: travesseiro);
  • frustado (correto: frustrado);
  • pertubar (correto: perturbar);
  • padastro (correto: padrasto);
  • estrupo (correto: estupro);
  • sombrancelha (correto: sobrancelha);
  • mortandela (correto: mortadela);
  • iorgute (correto: iogurte);
  • cardaço (correto: cadarço);
  • largata (correto: lagarta);
  • menas (correto: menos)
  • esteje (correto: esteja)
  • meia cansada (correto: meio cansada)
  • esprito (correto: espírito)
  • guspir (correto: cuspir)
  • bassora (correto: vassoura)
  • dibre (correto: drible)
  • degote (correto: decote)
  • chovento granito (correto: chovendo granizo)
  • larva do vulcão (correto: lava do vulcão)